MuriciNet

Home
Últimas Notícias
Localização
Anuncie
Contato

Canais > EsportesRSS desta categoria

Data: 06/04/2011    Postado às 20h57

Murici vence Coruripe por 4x2 e reverte desvantagem no quadrangular

O Murici conquistou um grande resultado, jogando diante de seu torcedor, na tarde desta quarta-feira (06), no Estádio José Gomes da Costa, em Murici, pela primeira partida do quadrangular final do Campeonato Alagoano.

Contra o Coruripe, vitória por 4x2 que rendeu ao time comandado pelo técnico Gilmar Batista a vantagem de poder perder o jogo de volta por até um gol de diferença contra o representante do Litoral Sul do Estado – em partida que será realizada na tarde do próximo sábado (09), no Estádio Gerson Amaral, em Coruripe.

Isso porque o time do técnico Celso Teixeira avançou à fase final deste primeiro turno como segundo colocado na tabela, atrás apenas do ASA, campeão da fase classificatória. Com isso, conquistara o direito de enfrentar o terceiro colocado Murici e ainda fazer o segundo e decisivo jogo diante de seu torcedor, precisando somente de dois resultados iguais para chegar à grande decisão.

Contudo, o Coruripe – que entrou em campo com um esquema tático precavido, com três zagueiros, limitando-se aos contra-ataques – até conseguiu abrir o marcador, mas não soube segurar o ímpeto ofensivo da equipe liderada pelo zagueiro Sinval, o capitão do time que vinha sendo questionado nesta reta final de certame, devido à queda de rendimento de atletas como o meia Everlan e o atacante Alexsandro, que vem de lesão, apesar de ter marcado o gol mais bonito do confronto.

Mas os jogadores considerados de extrema importância no elenco alviverde de Murici fizeram a diferença na tarde desta quarta. O atacante Peixinho, grande destaque da partida, balançou a rede adversária em duas oportunidades, ajudando a construir o confortável placar sobre o time visitante.

Para se ter uma ideia da superioridade do Murici, o Coruripe mal conseguiu concluir suas jogadas no segundo tempo, já que o time da casa antecipava a marcação para sair em velocidade, explorando as laterais e trocando passes com certa facilidade no campo adversário.

Com a importante vitória, conforme o regulamento da competição, o Coruripe somente conseguirá a classificação – já que desperdiçara a vantagem construída na fase inicial – se vencer o Murici por pelo menos dois gols de diferença, igualando o placar do duelo de 180 minutos.

Ao término da partida, o técnico Celso Teixeira reconheceu que seu time até poderia ter sido goleado. “Sem tirar o mérito do adversário, fizemos a pior partida do campeonato, contra uma grande equipe. Viemos fechados, com três zagueiros, e o meu descontentamento é que tomamos três gols dentro da pequena área. É verdade que poderíamos até ter sofrido uma goleada. Num jogo decisivo, não podemos tomar quatro gols”, avaliou o treinador, que refuta o argumento de que não consiga permanecer mais que dois meses em um clube de futebol, devido ao seu temperamento explosivo.

Mande seu comentário
Seja o primeiro a comentar!

Sem comentários!

Redes Sociais